Ocorrências e descargas de água no SMAAA | Águas do Algarve

Ocorrências e descargas de água no SMAAA

No Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água do Algarve (SMAAA), no âmbito das atividades relacionadas com o tratamento e adução de água destinada ao consumo humano, bem como, em situações de emergência, há intervenções que podem originar a descarga de água no meio hídrico. 

As intervenções efetuadas visam o estabelecimento e manutenção em bom estado de funcionamento e conservação os subsistemas de abastecimento de água que integram o Sistema Multimunicipal, incluindo a higienização de reservatórios do SMAAA.  

Durante o ano de 2018, foram efetuadas descargas de água para o meio recetor na sequência de intervenções programadas, roturas, avarias e alterações da qualidade da água estimadas no total de 220 950 m3de água que correspondem a cerca de 0,33% da água fornecida, representando um aumento de 56% em relação ao ano anterior. 

A maioria das descargas de água efetuadas para o meio hídrico correspondem a usos autorizados num total de 219 408 mde água, representando as perdas reais por descargas apenas 1 542 m3, ou seja 0,7% do total das descargas realizadas.

 

Distribuição do volume de água (m3) rejeitada no meio hídrico no ano de 2018​ 

 

Das descargas de água efetuadas pela AdA, é realizada uma distinção, no referente ao balanço hídrico e suas componentes, entre descargas que constituem usos autorizados e descargas que constituem perdas reais. As descargas que constituem usos autorizados, resultam das atividades relacionadas com o tratamento e adução de água destinada ao consumo humano e compreendem principalmente, águas resultantes de limpezas e desinfeções de reservatórios, cisternas e órgãos de tratamento e descargas resultantes de obras e/ou outras intervenções no sistema de abastecimento. As perdas reais resultam de situações de emergência, as quais compreendem principalmente, descargas de água devido a roturas e derrames em reservatórios.