ETAR de Almargem | Águas do Algarve

ETAR de Almargem

Estação de Tratamento de Águas Residuais de AlmargemCom a construção e entrada em funcionamento da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Almargem, aumentou-se a área servida à população, e desactivaram-se várias ETAR’s (Luz de Tavira, Pedras d’el Rei I e II, Santa Luzia, Cabanas, a própria ETAR de Tavira e a Fossa Séptica de Santo Estêvão), as quais possuíam níveis de tratamento e, ou capacidades insuficientes, tendo mesmo algumas delas chegado ao fim da sua vida útil.

 

 

As localidades abrangidas por esta ETAR são:

  • Zona do Livramento/ Arroteia
  • Cabanas de Tavira
  • Conceição de Tavira
  • Luz de Tavira
  • Stº Estêvão
  • Pedras D’el Rei
  • Santa Luzia
  • Cidade de Tavira

ETAR AlmargemO caudal afluente à ETAR de Almargem, é conduzido através de um Sistema Interceptor e Elevatório, constituído por 10 (dez) Estações Elevatórias e com 26.901 Km de extensão, dos quais 14.335Km correspondem a condutas elevatórias e 12.566 Km a colectores gravíticos.

A nova ETAR localiza-se junto à margem esquerda da Ribeira de Almargem (Tavira), ocupando uma área total de 2,1 ha, sendo o efluente tratado descarregado nesta Ribeira, já nas proximidades da zona lagunar da Ria Formosa. Esta instalação foi concebida de forma a respeitar os níveis de qualidade exigidos no meio receptor, designadamente do ponto de vista microbiológico, contribuindo assim para a sustentabilidade do ecossistema.

A instalação possui capacidade para tratar 12.200 m3/dia, correspondente a uma população máxima de 48.200 habitantes equivalentes, estimada para o ano horizonte de 2025.

A ETAR é constituída por duas linhas para a fase líquida, uma linha para a fase sólida e uma linha de tratamento de odores, sendo o processo de tratamento constituído, por:

  • Tratamento preliminar realizado em órgão compacto (gradagem/tamização, desarenação e desengorduramento), em duas linhas independentes;
  • Tratamento biológico em sistema de lamas activadas (com selectores biológicos), em regime de arejamento prolongado, efectuado em reactores do tipo vala de oxidação e decantação secundária. Este tratamento biológico, é realizado em duas linhas independentes;
  • Desinfecção final do efluente por radiação Ultra-Violeta;
  • Espessamento mecânico das lamas e desidratação mecânica por centrífuga;
  • Desodorização do ar contaminado por biofiltração

Parâmetros de Qualidade
A ETAR foi dimensionada tendo em conta, as cargas poluentes afluentes, bem como a legislação em vigor referente às Normas de descarga de efluentes, nomeadamente o Decreto-Lei nº 152/97, de 19 de Junho.
No seguinte quadro apresentam-se os parâmetros de qualidade mais significativos, previstos para a instalação.

Parâmetro Unidades Valor de Qualidade
CBO5 (20 °C) mg O2/l 25
CQO mg O2/l 125
SST mg/l 35
Azoto Total mg/l 15
Coliformes Fecais NMP/100ml 2000

 

Reutilização
ETAR AlmargemA ETAR está dotada de um sistema de filtração e de um sistema de desinfecção adicional por Ultra –Violetas, para produção de água com qualidade adequada à utilização como água de serviço, na rega de espaços verdes, lavagens e preparação de reagentes.

Com este sistema será garantida uma qualidade microbiológica de 100 NMP/100ml em Coliformes Fecais.

Para além desta ETAR a Empresa está também a explorar a ETAR de Cachopo neste Concelho.

Localização Geográfica: